Importando planilhas ou arquivos .CSV (QGIS 3)

Muitas vezes os dados em SIG vêm em tabelas ou em uma planilha do Excel. Além disso, se você possui uma lista com coordenadas lat/long, você pode facilmente importar esses dados para seu projeto SIG.

Visão geral da tarefa

Importaremos arquivo de texto de dados de terremotos para o QGIS.

Obtenção dos dados

NOAA’s National Geophysical Data Center produz um ótimo conjunto de dados de todos os terremotos significantes desde 2150 BC. Aprenda mais em: <http://www.ngdc.noaa.gov/nndc/struts/form?t=101650&s=1&d=1>`_

Baixe o arquivo de texto `Significant Earthquake Database <http://www.ngdc.noaa.gov/nndc/struts/results?type_0=Exact&query_0=$ID&t=101650&s=13&d=189&dfn=signif.txt>.

Por conveniência, você pode baixar diretamente uma cópia de ambos os conjuntos de dados dos links abaixo:

signif.txt

Fontes de dados [NGDC]

Procedimento

  1. Examine sua fonte de dados tabulados. Para importar estes dados para o QGIS você precisa salva-lo como arquivo de texto e precisa de, pelo menos, 2 colunas que contenham coordenadas X e Y. Se você tiver um planilha, use a função ‘Salvar Como’ em seu programa para salva-lo como ‘Arquivo delimitado por tabulação’ ou arquivo ‘Valor Separado por vírgula’ (CSV). Uma vez que você exportar o arquivo desta forma, você pode abrir o editor de texto, por exemplo, Notepad, para ver o conteúdo. No caso da base de dados Significant Earthquake (Terremotos Significativos), os dados já vem como arquivo de texto que contém latitude e longitude dos epicentros dos terremotos e outros atributos relacionados. Você verá cada campo separado por TAB.

../../_images/170.png
  1. QGIS 3 vem com um gerenciador de banco de dados unificado que permite você baixar todos os vários formatos de dados suportados. Clique no botão guilabel:Open Data Source Manager Data Source Toolbar (‘Abrir o gerenciador de fonte de dados’:’Barra de Ferramentas de fontes de dados’). Você também pode usar o atalho no teclado: Ctrl + L`

../../_images/236.png
  1. Mude para Delimited Text (‘Texto Delimitado’). Clique no botão ... próximo a :File name (‘Nome do arquivo’) e especifique o caminho para o arquivo de texto que você baixou. Em File format (‘Formato do arquivo’), selecione Custom delimiters (‘Delimitadores personalizados’) e cheque ‘Tab’. A seção Geometry definition (‘Definição de Geometria’) será preenchida automaticamente se achar os campos com as coordenadas X e Y adequadas. No nosso caso os campos estão como LONGITUDE e LATITUDE. Você pode mudar as seleções caso selecione os campos errados. Você pode deixar Geometry CRS (‘Geometria CRS’) para o CRS padrão EPSG:4326 WGS84. Se o seu arquivo possui coordenadas em um diferente CRS, você pode selecionar o CRS apropriado aqui. Clique ‘OK’.

../../_images/326.png

Nota

É fácil confundir coordenadas X e Y. Latitudes especificam a posição norte-sul de um ponto, portanto é a coordenada Y. Similarmente, Longitude especifica a posição leste-oeste de um ponto, é a coordenada X.

  1. Você verá agora que os dados serão importados e exibidos na tela de visualização do QGIS como uma nova camada, chamada “signif”.

../../_images/413.png
If you liked tutorials on this site and do check out spatialthoughts.com for more free resources.
comments powered by Disqus

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License